Per Nebulae

Olá, sou o André e escrevo coisas.
Espero que gostem!

Escrita

Alguns dos contos e análises que fui escrevendo, e editando, ao longo dos anos.
Não está tudo, mas em breve…

black cat walking on road

Um Sítio Sem Gatos

Sinto falta daquele terraço. Da sua companhia. Daqueles cabelos de fogo… * “Então, e ainda não viste gatos por aqui?” apontei para o fundo, para o muro alto e sujo que protegia e abraçava o terraço daquele T0 no Saldanha.“Já” respondeu breve. “Um ou outro vadio…”Regressou ao silêncio, mas oLer

lit bonfire outdoors during nighttime

Que Arde

Ele odiava acampar com o pai. Hum, não, odiar era um pouco forte. Ele preferia ficar em casa! Portanto, era mais a preguiça e o comodismo. E não queria dormir na rua, comer enlatados e passar frio. O que queria mesmo era a consola, cama e comida quente. * ELer

cigarette buts on brown soil

Somos um Cigarro

Uma noite de quarto-crescente. Uma noite quase normal, portanto. E nessa noite de normalidades, duas pessoas refugiavam-se na luz de um candeeiro de rua, o único que teimava em funcionar. Ler

umbrella on unpaved path in cemetery

Três

Apenas uma conversa normal entre duas pessoas num banco junto a um cemitério.Ler

stainless steel cover of drain in modern shower

Até breve

Tenho de admitir, escrevi a primeira versão deste conto ao som da Touch, de Daft Punk O teu cabelo azul boreal… Todos temos uma rotina – um programa. Escrevemos o código, clicamos aqui, premimos ali, e rezamos para que corra (bem). E uma rotina é isso: um programa que estáLer

No more posts to show